quinta-feira, 21 de junho de 2012

Um grupo Salafista do Egito parece estar tentando retratar um post no Facebook, que advertiu que comer tomates é "proibido porque eles são cristãos." No entanto, o grupo tradicionalista muçulmano, que se chama Associação Islâmica Popular Egípcia, aparentemente ainda acha que tomates são ofensivos se eles forem cortados de tal forma que revele a forma de uma cruz, segundo o site do Líbano Agora. Junto com a foto de um corte de tomate ao meio para revelar o que poderia ser visto como uma cruz, o grupo originalmente postou no Facebook: "Comer tomate é proibido porque eles são cristão


Nenhum comentário:

Postar um comentário